quarta-feira, 27 de julho de 2016

Um alerta no Dia Mundial da Hepatite - 28 de julho

Neste 28 de julho, Dia Mundial da Hepatite, a atenção dos governos é desproporcional ao tamanho do problema. Desde 2013 o número de mortes causadas pela hepatite viral é superior a soma total de mortes causadas por outras três epidemias, aids, tuberculose e malária, mas a atenção dos governos e da mídia ainda não despertou para dar as hepatites virais a necessária visibilidade. As hepatites causadas por vírus são a 7ª causa de morte no mundo, sendo as hepatites B e C responsáveis por 95% das mortes. A maioria da mortalidade é atribuível ao câncer de fígado e cirrose.

Existe vacina efetiva para prevenir a hepatite B e medicamentos que curam a hepatite C, no entanto, em contraste com a aids, a tuberculose e a malária, mecanismos para financiar intervenções em países pobres são praticamente inexistentes, exceto para os indivíduos que também estão infectados com o HIV. O aumento do financiamento internacional é necessário para enfrentar a carga das hepatites que possam permitir respostas eficazes nos países de baixa renda.

Leia a matéria completa no link: